Extração ilegal de madeira na reserva Murunahua no Peru está fazendo com que os índios fujam para o Brasil – a região onde mora esta tribo

Extração ilegal de madeira na reserva Murunahua no Peru está fazendo com que os índios fujam para o Brasil – a região onde mora esta tribo
© G. Miranda/FUNAI/Survival

O Ministério de Cultura do Peru comprometeu-se a proteger a reserva de uma tribo isolada na Amazônia em meio a temores de que esta seria abolida.

Em uma declaração dada na semana passada, o Ministério negou notícias de que estava planejando abolir a reserva Murunahua, e afirmou que a reserva está inteiramente protegida sob a lei peruana.

A polêmica foi desencadeada por funcionários do Departamento de Assuntos Indígenas, Indepa, que forma parte do Ministério da Cultura, após eles terem revelado planos de fechamento da reserva em reuniões com organizações locais.

Luis Lacerna, diretor do Departamento de Proteção, Desenvolvimento Econômico e Território do Indepa, é, atualmente, o único funcionário cuja identidade foi revelada pela imprensa internacional.

O Indepa tem sido fortemente criticado por fracassar na prevenção da extração ilegal de madeira, altamente comum na região, que está forçando tribos isoladas a fugirem da reserva.

A Survival International acolheu a declaração do Ministério e escreveu ao recém-eleito presidente do Peru, Ollanta Humala, perguntando como seu governo pretende proteger as vulneráveis tribos isoladas do país.