Grandes partes da floresta dos Ayoreo foram desmatadas pela BBC S.A. e a River Plate S.A

Grandes partes da floresta dos Ayoreo foram desmatadas pela BBC S.A. e a River Plate S.A

© Survival

O governo do Paraguai tem se tornado refém de barões da carne, numa luta por terras habitadas por índios isolados.

O título legal à terra foi concedido aos índios Ayoreo no ano passado, mas os fazendeiros se recusam a entregá-la a menos que o governo lhes permita desmatar uma grande área de terras adjacentes também ocupadas pelos fazendeiros.

BBC S.A. e River Plate S.A., as duas empresas de pecuária envolvidas, foram pegadas em flagrante duas vezes em 2011, desmatando ilegalmente partes da terra para a criação de gado.

Os fazendeiros foram acusados de desmatamento ilegal em junho, depois da publicação, da Survival International, de imagens de satélite que revelaram a destruição de 4.000 hectares de floresta.

© GAT

No entanto, novas imagens surgiram esta semana que revelam que o trabalho devastador das empresas continua.

Os índios Ayoreo estão sendo rapidamente forçados a deixar suas terras ancestrais conforme a propagação da pecuária destrói suas florestas.

Qualquer contato com os índios poderia ser fatal, e a perda de sua floresta seria desastroso.

O Diretor da Survival International, Stephen Corry, disse hoje, ‘É uma situação muito desagradável quando um governo nacional se permite tornar-se refém de um pequeno grupo de empresários sem escrúpulos. O governo do Paraguai deve reafirmar a sua autoridade, reconhecendo e defendendo o direito dos Ayoreo à posse de suas terras e recursos.’