Índio da Amazônia escala a montanha Ben Nevis

Nixiwaka Yawanawá está prestes a ser o primeiro índio da Amazônia a subir Ben Nevis.

Nixiwaka Yawanawá está prestes a ser o primeiro índio da Amazônia a subir Ben Nevis.

© Survival International

Nixiwaka, um índio Yawanawá do Brasil, de 26 anos, está prestes a ser o primeiro índio da Amazônia a subir Ben Nevis, o pico mais alto das Ilhas Britânicas.

Nixiwaka vai escalar a montanha na Escócia com quinze outros apoiadores da organização de direitos indígenas, Survival International, para aumentar a conscientização sobre a situação da tribo Awá.

Os Awá são a tribo mais ameaçada do mundo e uma das últimas tribos nômades de caçadores-coletores remanescentes no Brasil. Mas para eles está cada vez mais difícil caçar conforme madeireiros, fazendeiros e colonos ilegais destroem a sua floresta e afugentam os animais.

A situação é particularmente crítica para os 100 Awá isolados, que enfrentam extinção devido à invasão ilegal de sua floresta. Tribos isoladas, como os Awá isolados, dependem inteiramente da floresta para sua sobrevivência e são vulneráveis ​​a doenças trazidas por forasteiros; um resfriado comum pode matá-los.

Nixiwaka quer gerar atenção para a situação dos Awá, a tribo mais ameaçada do mundo.

Nixiwaka quer gerar atenção para a situação dos Awá, a tribo mais ameaçada do mundo.

© Survival International

Índios isolados perto da comunidade de Nixiwaka no oeste do Brasil também enfrentam ameaças sérias a medida que madeireiros ilegais estão destruindo sua floresta no lado peruano da fronteira.

Nixiwaka disse à Survival, ‘Estou muito emocionado para escalar o Ben Nevis. É uma ótima forma de destacar os problemas que meus irmãos, os Awá, enfrentam’.

Notas aos editores:

- Nixiwaka veio a Londres para aprender inglês e para falar sobre os direitos dos povos indígenas da Amazônia. Sua tribo, os Yawanawá, númera mais de 600 pessoas. 

- Visite a página para arrecadação de fundos de Nixiwaka

- Ben Nevis significa ‘Montanha do Céu’ em gaélico, e mede 1.343 metros.