Uma barragem complexa de madeira é central ao ritual Yãkwa dos Enawenê Nawê.

Uma barragem complexa de madeira é central ao ritual Yãkwa dos Enawenê Nawê.

© Fiona Watson/Survival

Os índios Enawenê Nawê iniciaram seu ritual de pescaria anual temendo que as 80 hidrelétricas planejadas para a bacia do rio Juruena estão extinguindo os peixes.

Reconhecido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Cultural Brasileiro, o ritual Yãkwa é excepcional. Porém, em 2009, a escassez de peixes impediu que ele fosse realizado pela primeira vez.

Os Enawenê Nawê foram confrontados com uma falta de alimentos catastrófica, e a empresa responsável pela construção da barragem foi obrigada a comprar 3.000 kg de peixes para os índios.

Em 2010, a quantidade de peixes novamente ficou abaixo do normal.

Parte das barragens planejadas serão financiadas pelo Grupo André Maggi, um dos maiores produtores de soja do mundo.

Os índios passam meses na floresta durante o ritual Yãkwa, construíndo complexos barramentos com madeiras para capturar os peixes que são então defumados, e em seguida transportados em canoas à sua aldeia.

O Yãkwa é uma parte vital da cultura espiritual dos índios que é crucial para sua dieta alimentar, já que, diferente de quase todos os povos indígenas, os Enawenê Nawê não comem carne vermelha.

Os peixes são capturados em armadilhas e defumados

Os peixes são capturados em armadilhas e defumados
© Fiona Watson/Survival

Em carta às Nações Unidas, declararam: ‘Não queremos as barragens sujando nossa água, matando nossos peixes, invadindo nossas terras.’

Os Enawenê Nawê não consentiram com a construção das hidrelétricas, e inclusive já montaram bloqueios e invadiram um canteiro de obras de uma das barragens, advertindo que elas causarão danos irreversíveis a seu modo de vida.

O Diretor da Survival International, Stephen Corry, afirmou hoje: ‘É uma amarga ironia que enquanto o Yãkwa é atualmente reconhecido como ritual integrante à herança cultural brasileira, ele logo poderá deixar de existir. Todo modo de vida dos Enawenê Nawê está ameaçado.’

Baixe a carta dos Enawenê Nawê para a ONU (PDF em" Enawenê Nawê":https://assets.survivalinternational.org/documents/575/enaweneoriginal.pdf e português).