Tribo ‘mais ameaçada do mundo’ exige ação no início da temporada de exploração madeireira

A floresta dos Awá está sendo desmatada ilegalmente em um ritmo alarmante

A floresta dos Awá está sendo desmatada ilegalmente em um ritmo alarmante

© Fiona Watson/Survival


A tribo ‘mais ameaçada do mundo’ fez um apelo desesperado para o governo brasileiro para deter o desmatamento ilegal que está devastando seu território, a medida que a estação de seca na Amazônia começa. 


A tribo Awá já sofre a maior taxa de desmatamento na Amazônia, e o começo da estação seca, em anos anteriores, trouxe um grande aumento de madeireiros ilegais.




A urgente mensagem dos Awá implora ao Ministro da Justiça do Brasil para ‘retirar os madeireiros invasores da nossa terra imediatamente’… antes que eles ‘voltem para continuar a destruição.’


A campanha da Survival International para salvar a tribo Awá já gerou mais de 27.000 mensagens enviadas ao Ministro da Justiça pedindo-lhe para remover todos os invasores.



Depois do lançamento da campanha, o Ministério Público maranhense ordenou uma investigação sobre os responsáveis ​​por invadir a terra Awá, e exigiu que eles sejam levados à justiça.

No entanto, acredita-se que milhares de madeireiros ilegais estão ainda operando na área.

Desde que Colin Firth lançou a campanha da Survival, cerca de seis semanas atrás, a organização brasileira em defesa dos direitos dos povos indígenas, CIMI, mostrou o filme para membros da tribo Awá.

Awá assistindo o filme da Survival. A tribo quer que o Ministro da Justiça do Brasil aja rapidamente.

Awá assistindo o filme da Survival. A tribo quer que o Ministro da Justiça do Brasil aja rapidamente.

© CIMI/Survival

Um homem Awá reagiu dizendo: ‘Muito bom, não-índios. Essa é uma atitude muito importante e muito bonita! Nos ajudem o mais rápido possível. Mandem muitas mensagens [ao Ministro].’



O diretor da Survival International, Stephen Corry, disse hoje, ‘Os Awá provavelmente numeram em torno de 450 pessoas, mas em pouco tempo sua causa se tornou notícia mundial. O governo do Brasil deve parar de ignorar os Awá, e colocá-los no topo de sua agenda. O início da temporada de seca é um momento crítico. A pressão não deve cessar.’



A Survival está instando que o público apoie os Awá enviando mensagens ao Ministro da Justiça do Brasil..