Bosquímanos estão sendo presos apesar de seu direito de viver e caçar na Reserva de Caça do Kalahari Central.

Bosquímanos estão sendo presos apesar de seu direito de viver e caçar na Reserva de Caça do Kalahari Central.

© Survival International

As forças de segurança de Botsuana estão prendendo e intimidando bosquímanos, apesar da tribo ter o direito legal para viver e caçar na Reserva de Caça do Kalahari Central.



A Survival International tem recebido vários relatos de que mais de 18 policiais criaram um acampamento permanente próximo à comunidade de Metsiamenong, que resistiu notoriamente aos despejos violentos de Botsuana.


Até agora, a polícia efetuou pelo menos cinco prisões depois de encontrar carne de caça na comunidade. Nenhuma acusação foi feita até o momento. Outros relatos sugerem a presença de soldados e policiais paramilitares na reserva.



Embora os bosquímanos sejam legalmente autorizados a caçar dentro da reserva, o governo tornou a prática impossível ao recusar-se ilegalmente a emitir sequer uma licença de caça.



Um bosquímano que vive dentro da reserva disse: ‘Desde as detenções, as vidas dos bosquímanos mudaram significativamente. O governo enviou as forças armadas para nos intimidar, tornando nossas vidas muito difíceis. Nós dependemos dos recursos naturais da reserva para nossa alimentação. Como podemos sobreviver, se não podemos caçar?’



O Supremo Tribunal de Botsuana sustentou os direitos dos bosquímanos às suas terras em 2006 após uma longa batalha jurídica, mas foi apenas em 2011 que eles ganharam o direito de acesso à água.

Bosquímanos em Metsiamenong comemorando sua vitória em 2006.

Bosquímanos em Metsiamenong comemorando sua vitória em 2006.

© Survival International


Funcionários do governo haviam fechado o poço de água da tribo, em um esforço para expulsá-los da reserva, resultando na morte de pelo menos uma mulher da tribo, próximo de Metsiamenong.



O diretor da Survival International, Stephen Corry, disse hoje, ‘Estamos extremamente preocupados com relatos de que forças de segurança de Botsuana montaram um acampamento perto de Metsiamenong. Esta é uma clara tentativa de intimidar e prejudicar os direitos humanos que os bosquímanos lutaram para defender. Ela não terá sucesso.’